what image shows

Cristina Martins

Secção da Sé Nova – Coimbra.

Com 31 anos de militância, fiz parte dos órgãos Concelhios, Distritais e Nacionais. Durante 3 mandatos fui Secretária Coordenadora da minha Secção e a seguir Presidente da Mesa da Assembleia.

“Apoio esta candidatura, encabeçada pelo Camarada Daniel Adrião, aos órgãos Nacionais, porque:

1 – Quero um Partido mais transparente e menos amordaçado.
2 – Quero que a Política defenda as necessidades de todos e não os interesses de alguns.
3 – Não posso unir-me a quem usa os estatutos conforme lhe convém, tal como tem prática da CNJ.
4 – Sou livre e acredito, que os valores da Democracia estão na liberdade da escolha, na utopia dos que sonham e, na realidade dos que tentam construir.
5 – É fácil apoiar os que têm mais votos, os que detêm o poder, os que se julgam donos do Partido e do País, mas eu prefiro apoiar militantes genuínos. Apoiar causas e valores.
6 – Não concordo com a protecção a certos filiados e a perseguição, quase constante, a militantes que deram grande parte da sua vida, em troca de nada, ao Partido Socialista.
7 – Não quero um PS que, se esqueça do Partido, enquanto é Governo.
8 – Estou cansada do aproveitamento do Partido conforme as conveniências;
9 – Não quero um Partido xenófabo e racista (tal como brevemente vai ser público).
10 – Estou farta que, as eleições internas, não sejam livres.
11 – Estou cansada que ideais socialistas tenham sido substituidos pelos interesses de alguns.
12 – o PS não pode continuar à deriva.
13 – Sei e demonstrarei que António Costa tem sido um péssimo Secretário Geral, que tem virado as costas ao Partido… precisamente, ao mesmo partido que o colocou de 1º Ministro.
14 – O Governo, não tem sido nada de extraordinário, aliás, vejámos as verdadeiras estatísticas do desemprego, as desgraças hospitalares, a perseguição sobre a Educação, os mentecaptos que estão de directores de serviço e presidentes de certas instituições ou conselhos de administração.
15 – Quando, temos um Governo que se não preocupa que os seus Ministérios peçam devoluções de dinheiros que o povo nunca recebeu e quando perguntam em que conta lhes foi depositado, calam-se e continuam a pedir a devolução dos famosos dinheiros, está quase tudo dito.
16 – Temos um Ministro da Educação, pensa que os alunos e os profissionai de Educação, são feitos em laboratórios.
17 – Apesar de ter conhecimento, dos assassinatos que acontecem em certos hospitais, continua a manter essas administrações.
18 – Estou farta da desculpa “os outros fazem ou fizeram na mesma”… por isso, é que eu não sou dos outros, pensava que este era diferente.
19 – Mantém eleições internas, onde a democracia é o cacique, os filiados fantasmas, as ameaças e chantagens.
20 – Expulsa militantes sérios e socialistas e mantém os violadores estatutários.
21 – Quando mantém nos tachos um Rui Fiolhais, um Carlos Vaz, uma Rosa Reis Marques, que têm sido o exemplo do que não se deve fazer… está tudo dito.

QUERO UM PARTIDO SEM AMOS E COM RUMO.
PORTUGAL E O PARTIDO SOCIALISTA PRECISAM DE SER PENSADOS, DE SEREM REINVENTADOS

E NÃO SOU EU QUE ESTOU A MAIS… O MEU LUGAR É NO PS, POIS SOU SOCIALISTA… QUEM TEM QUE SAIR SÃO OS OPORTUNISTAS, OS INTERESSEIROS, OS EGOÍSTAS,…”

 

Next Post

Previous Post

© 2018 Movimento Resgatar a Democracia